Sistema Fotovoltaico
28 de junho de 2018
Sistema Fotovoltaico gera economia e preservação ambiental

Produzir energia elétrica com uma redução considerável nos impactos ambientais ainda é um desafio em todo o mundo. Uma das saídas propostas é o uso do Sistema Fotovoltaico, em que se aproveita a luz solar para convertê-la em eletricidade, por meio de painéis fotovoltaicos, também conhecidos como painéis solares.

As pesquisas sobre a implantação da energia solar em nosso país surgiram por volta da década de 1960, e os primeiros investimentos comerciais foram realizados em 1973.

Diante disso, diversos fatores contribuíram para que os investimentos pudessem crescer a cada ano, bem como o crescimento de incentivos, por exemplo a isenção de alguns impostos.

Entenda como funciona o Sistema Fotovoltaico

Este modelo de sistema para captação de energia solar funciona com painéis fotovoltaicos/painéis solares, inversores e transformadores trifásicos.

A união das tecnologias descritas é responsável por alimentar as cargas em diferentes ambientes como propriedades rurais, empresas e residências.

Para um aproveitamento correto do sistema é necessário investir em alguns componentes essenciais para um bom aproveitamento do Sistema, por exemplo:

Módulos fotovoltaicos

Converte a energia solar em energia elétrica.

Cabos de conexão

Conectam os módulos fotovoltaicos aos inversores.

Inversores

Transportam a energia que foi gerada até o consumidor.

Caixa com os componentes eletrônicos

Armazena o inversor e os equipamentos destinados à medição e controle.

Sistema de monitoramento

Identifica a irradiação e envia os dados para um centro de controle.

Medidor

A energia gerada é contabilizada em kWh.

Sistema Fotovoltaico Isolado

Em pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), entende-se por Sistema Fotovoltaico Isolado, a energia elétrica que é gerada em decorrência da exposição direta com o sol, cuja armazenagem se dá por meio de baterias.

Esse procedimento garante o uso em:

  • Dias nublados;
  • Chuvosos;
  • À noite.

Ele pode ser utilizado tanto sozinho quanto combinado com geradores eólicos, diesel ou por sistemas híbridos.

Sistema Fotovoltaico Interligado

Já o Sistema interligado permite que a energia gerada seja injetada diretamente na rede elétrica pública.

Em 17 de abril de 2012, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) estabeleceu a Resolução Normativa nº 482,  em que se define, entre outros fatores, a compensação de energia elétrica a quem utiliza de micro e minigeração de energia elétrica.

Dados sobre o uso de Energia Solar no Brasil

Em um levantamento realizado pela Revista Exame, edição online, em 2018 já existem 23.584 unidades de micro e minigeração de energia solar com até 5 megawatts.

O governo aponta que, até 2024 serão 800.000 unidades ativas com sistemas de geração de energia solar por meio da tecnologia fotovoltaica.

Vantagens ao meio ambiente

Além da redução do consumo de energia elétrica gerada por outras fontes (como as oriundas de hidrelétricas, por exemplo), o uso do Sistema Fotovoltaico:

  • É Livre de emissão de carbono.
  • Reduz consideravelmente as emissões de CO² no meio ambiente.

Trata-se de uma energia considerada limpa.

Em curto, médio e longo prazo, a produção de energia elétrica solar movimenta a economia brasileira, reduz gastos, bem como também promove a preservação dos recursos naturais.